Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Médica em Construção

Primeiro chora-se, depois aceita-se

Talvez pareça inacreditável, mas foi nesta época de exames que chumbei pela primeira vez a uma cadeira. Por duas décimas. Como não ficar frustrada?

Primeiro chorei. E chorei bastante! Parecia que o mundo tinha acabado, ou que estava para acabar. Sentia-me subitamente desmotivada com o curso, e deixei o cansaço de todo o ano falar mais alto. De repente a minha organização do estudo teria de mudar completamente, para ter tempo de estudar para o recurso. Teria de voltar a rever as centenas de páginas de conteúdo; memorizar novamente todos aqueles fármacos, com nomes incrivelmente parecidos. Teria de assumir que tinha falhado pela primeira vez, e para alguém que dá dicas de como ter boas notas no Instagram, foi algo até irónico!

Permitir-me sentir todas estas emoções foi libertador. É normal sentir tristeza, frustração, desmotivação, e não devemos reprimir estes sentimentos! Depois de passar pelas 5 fases do luto em 2 horas, arregacei as mangas e segui em frente. Tinha um recurso para provar o meu valor. Não era a primeira pessoa a chumbar a farmacologia, nem seria a última! 

A vida tem destes desafios. Mas deverá um pequeno contratempo nos deitar a baixo? Nunca!

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub